Isolamento social pode ser fator de risco para consumo nocivo de álcool.

Atenção para a quantidade e frequência que tem ingerido bebidas alcoólicas

Pessoas com transtornos por uso de substâncias podem ser mais vulneráveis ao coronavírus.

O uso de álcool está relacionado a uma ampla gama de danos físicos, mentais e sociais.

Entenda a definição deste conceito, que pode variar de um país para outro e deve considerar características individuais.

Por Arthur Guerra.

 

Gerenciamento da ingestão de bebidas deve ser seguido no pós-pandemia.

Saiba quais são as situações em que qualquer quantidade de álcool pode ser prejudicial e os motivos dessa orientação.

Riscos de contaminação por coronavírus para pacientes em tratamento psiquiátrico.

Não é novidade que a cerveja é a bebida favorita dos brasileiros. Segundo a Organização Mundial da Saúde, é consumida por 61,8%. Agora, que ela pudesse causar a morte de pessoas, contudo, foi algo que deixou os consumidores assustados e com muitas dúvidas a respeito da segurança em relação ao seu consumo.

Rua do Rócio, 423 Salas 1208/1209
São Paulo - SP - 04552-000

Tel: +55 11 3842.3388
contato@cisa.org.br

Assine o nosso Boletim

CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool